Após Reclamações Caixa e Governo Federal desistem de Cobra taxa do FGTS PARA Transferências.

Spread the love

Quando o Povo se une a vitória chega e você confere agora e fica sabendo que Após Reclamações Caixa e Governo Federal desistem de Cobra taxa do FGTS PARA Transferências.

Caixa Econômica desistiu da cobrança de R$ 22 para transferência e vai isentar de tarifa os valores do saque imediato, de até R$ 500 por conta vinculada, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para contas de outro banco. A Caixa informou que não fará mais a taxação porque conseguiu otimizar processos de pagamento. O banco, no entanto, não informou se vai restituir os valores pagos por trabalhadores que sacaram os recursos e fizeram a transferência antes do anúncio de isenção de tarifa.

O presidente do banco, Pedro Guimarães, na semana passada, defendeu a cobrança ao dizer que a liberação do saque imediato custaria R$ 1 bilhão à instituição financeira. Segundo ele, os custos seriam com serviços de transporte de recursos para agências e casas lotéricas, seguranças, horas extras para trabalhadores e remuneração de lotéricas.

Na segunda-feira, a Caixa antecipou a liberação do dinheiro para todos os trabalhadores. O novo cronograma de saque irá até 18 de dezembro, conforme data de nascimento do trabalhador. A retirada dos valores para não correntistas da Caixa começou na última sexta-feira, dia 18, para cotistas nascidos em janeiro.

— Neste quarto calendário, de trabalhadores nascidos em janeiro, pouco mais de 10% se dirigiu ao atendimento presencial em agência. Essa eficiência permite a antecipação do pagamento a todos os 96 milhões de trabalhadores até dezembro, possibilitando a injeção de cerca de 40 bilhões na economia ainda esse ano — afirmou o Pedro Guimarães.

Carteira de trabalho

A orientação do banco é a de que o trabalhador apresente sua carteira de trabalho no momento do atendimento. Segundo o banco, os dados do trabalhador podem estar desatualizados.

Os saques de até R$ 500 estarão disponíveis nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento, para quem possui senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui apresentando documento de identificação. Já os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em unidades lotéricas, mediante apresentação de documento de identificação original com foto.

Nova etapa

A Caixa inicia, nesta sexta-feira (25), a etapa de liberação do pagamento do saque imediato do FGTS para os trabalhadores nascidos em fevereiro e março. Nesta etapa do calendário, cerca de 8 milhões de trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do Fundo. O total a ser recebido pelos trabalhadores representa aproximadamente R$ 3,4 bilhões.

A data limite para recebimento dos valores continua sendo 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta de FGTS do trabalhador, sem qualquer ônus.

Quem tiver dúvidas sobre valores e direito ao saque pode fazer a consulta pelo aplicativo FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site fgts.caixa.gov.br e pelo telefone de atendimento exclusivo, disponível 24 horas: 0800 724 2019.

Confira o novo calendário de saque

Nascidos em fevereiro e março – a partir de 25 de outubro

Nascidos em abril e maio – a partir de 8 de novembro

Nascidos em junho e julho – a partir de 22 de novembro

Nacidos em agosto – a partir de 29 de novembro

Nascidos em setembro e outubro -a partir de 6 de dezembro

Nascidos em novembro e dezembro -a partir de 18 de dezembro

Um comentário em “Após Reclamações Caixa e Governo Federal desistem de Cobra taxa do FGTS PARA Transferências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *