AUDIO QUE FILHO DE BOLSONARO DIVULGA IRRITA BASE DO GOVERNO ENTENDA.

BRASÍLIA — O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou nas redes sociais, nesta quarta-feira, que o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, não conversou na terça com o presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista ao GLOBO, o ministro havia negado que protagonize uma crise no Palácio do Planalto e afirmou ter conversado, por mensagens, três vezes com o presidente na terça-feira .


“Ontem estive 24 horas do dia ao lado do meu pai e afirmo: É uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano (sic) que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista”, disse o vereador no Twitter.

Minutos depois, Carlos fez uma nova postagem na rede social e postou um áudio enviado pelo presidente a Bebianno:

ANÁLISE : O impressionante apetite pelo poder de Carlos Bolsonaro

“Não há roupa suja a ser lavada! Apenas a verdade: Bolsonaro não tratou com Bebiano (sic) o assunto exposto pelo O Globo como disse que tratou.” Na mensagem de voz, Bolsonaro se recusa a falar com o ministro.

— Gustavo, está complicado eu conversar ainda. Então não vou falar, não vou falar com ninguém a não ser estritamente o essencial. E estou em fase final de exames para possível baixa hoje, tá ok? Boa sorte aí.


As publicações acentuam os rumores de que Bebianno vive uma instabilidade no governo. Na terça-feira, o ministro cancelou agenda da tarde, depois de almoçar com seus assessores no restaurante do Planalto e ter se recusado a dar declarações à imprensa. À noite, ele se reuniu com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.


Não existe crise nenhuma. Só hoje falei três vezes com o presidente — disse Bebianno ao GLOBO, afirmando que a conversa se deu por mensagens no WhatsApp.


Um dos temas da conversa teria sido o cancelamento de sua viagem ao oeste do Pará, que ocorreria nesta quarta-feira.

Segundo ministro, a agenda foi suspensa a pedido de Bolsonaro que gostaria de reencontrar seus ministros na volta a Brasília, após 16 dias internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Além dele, também cancelaram a viagem o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e a ministra Damares Alves, da pasta Família, Mulher e Direitos Humanos. Nesta quarta-feira, o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, disse desconhecer o pedido de Bolsonaro.

Um dos mais próximos aliados de Bolsonaro durante a campanha, Bebianno é desafeto de Carlos, filho mais próximo do presidente. O parlamentar carioca seria o responsável por advogar junto ao pai para que Bebianno tenha menos poder no governo.

Na transição, por exemplo, a Secretaria de Comunicação, área de interesse de Carlos, que tradicionalmente é subordinada à Secretaria-Geral da Presidência, foi realocada para a Secretaria de Governo, comandada pelo ministro Carlos Alberto Santos Cruz.

‘Filho do presidente não pode escrever mensagem para criar crise no governo’, diz deputada do PSL.


Joice Hasselmann considera postagem de Carlos Bolsonaro em rede social ‘uma coisa de louco’


BRASÍLIA — A deputada do PSL Joice Hasselmann (SP) repreendeu publicamente o filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro .

Nesta quarta-feira, Joice criticou o fato de Carlos ter escrito, nas redes sociais, que o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, mentiu sobre conversas com Jair Bolsonaro. Em entrevista ao GLOBO, o ministro havia negado que protagonize uma crise no Palácio do Planalto e afirmou ter conversado, por mensagens, três vezes com o presidente na terça-feira.


Filho do presidente não pode escrever mensagem para criar uma crise no governo. Quem tem que falar com ministro é o presidente — disse Joice.
Previsão de alta de Bolsonaro está mantida para esta quarta-feira, diz médico


‘Falei com o presidente três vezes hoje’, diz Bebianno após rumores de crise no governo



Carlos Bolsonaro diz que Bebianno não falou com presidente: ‘Mentira absoluta’

A deputada considera que a atitude de Carlos Bolsonaro talvez seja fruto de “imaturidade ou meninice”.
O filho do presidente está tentando criar uma crise dentro do governo. Não é compatível. É uma coisa de louco.

As publicações de Carlos acentuaram os rumores de que Bebianno vive uma instabilidade no governo. Na terça-feira, o ministro cancelou agenda da tarde, depois de almoçar com seus assessores no restaurante do Planalto e ter se recusado a dar declarações à imprensa. À noite, ele se reuniu com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Após o dia de rumores no Palácio do Planalto de que protagonizava uma nova crise do governo, Bebianno negou que seja motivo de instabilidade no executivo. O ministro afirmou ao GLOBO que havia falado três vezes com o presidente Bolsonaro por mensagens de WhatsApp, o que foi negado pelo vereador do Rio.

— Não existe crise nenhuma. Só hoje falei três vezes com o presidente — disse Bebianno ao GLOBO, afirmando que a conversa se deu por mensagens no WhatsApp.

Nedes sociais, nesta quarta-feira, Carlos Bolsoanaro disse que Bebianno não conversou na terça com o presidente
“Ontem estive 24 horas do dia ao lado do meu pai e afirmo: É uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano (sic) que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista”, disse o vereador no Twtitter. Minutos depois, Carlos fez uma nova postagem na rede social e postou um áudio enviado pelo presidente a Bebianno:
FONTE : oglobo.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: