Bolsonaro irá fazer ajuste para aprovar a Reforma da Previdência em 1º Turno.

Spread the love

O governo aceitou fazer uma modificação no relatório da reforma da Previdência para facilitar a aposentadoria das mulheres.


A mudança – que será feita na forma de destaque apresentado por partidos da maioria, durante a votação do texto no plenário da Câmara dos Deputados – vai permitir que as mulheres possam ter direito a 60% do valor do benefício a partir dos 15 anos de contribuição.


Ao atingir esse critério, elas poderão receber 2% a cada ano a mais na ativa.


Quer saber quanto tempo falta para você se aposentar Simule aqui na calculadora da Previdência

LEIA TAMBÉM: Minha Casa Minha Vida RJ 2019: Quem tem direito ,como fazer as Inscrições, Resultados, Simulador Caixa

No relatório aprovado na comissão especial, o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) reduziu o tempo mínimo de contribuição das mulheres de 20 anos para 15 anos.


Com isso, elas teriam direito a 60% do benefício. No entanto, só receberiam mais 2% por ano após os 20 anos de contribuição.

Por que a reforma é necessária?

Em 2018, o rombo da Previdência (INSS) foi de R$ 194 bilhões. O país está envelhecendo rapidamente e é um dos poucos do mundo a não exigir idade mínima.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *