FLAMENGO FRACASSA NOVAMENTE E PERDE DO PENAROL POR 1 A 0 PELA LIBERTADORES

Spread the love

Maracanã Cheio é sinônimo de Fracasso , Todo Ano a história se repete , Torcida Lota o Maracanã pra ver o Flamengo ser eliminado , muda o Time, o elenco mais o Fracasso é o mesmo.

Em noite de público recorde no Maracanã no ano, o Flamengo decepcionou. O time comandado por Abel Braga foi derrotado por 1 a 0 pelo Peñarol, na noite desta quarta-feira, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O gol do jogo foi marcado pelo atacante Viatri, que entrou no segundo tempo. Gabigol foi expulso aos 29 da segunda etapa por entrada dura em Rojo. 

Com o resultado o Penãrol assume a liderança do Grupo D, com seis pontos, mesmo número do Fla, que perde no saldo de gols. A LDU é terceira com 4 e o San Jose, o lanterna com apenas 1. O próximo compromisso do Rubro-Negro pelo torneio é no dia 11, contra os bolivianos, também no Maracanã. 

Poucas chances
Com o Maracanã lotado, o Flamengo bem que tentou sair para o jogo nos primeiros minutos de jogo, mas o que se viu em campo foram dois times comedidos e mais preocupados em em defender. O Peñarol arriscou algumas jogadas pelas pontas. As melhores chances do Fla saíam das articulações de Diego, que deixou Gabigol duas vezes em boas condições. Em uma delas, aos 12 minutos, o chute do camisa 9 passou ao lado do gol de Dawson e empolgou a torcida. O Penãrol respondeu aos 22 Canobbio aproveitando cruzamento da direita de cabeça, afastado por Pará. 

Faltou pontaria
O Rubro-Negro passou a pressionar a saída de bola dos uruguaios. A estratégia deu certo e nos erros do adversário o Fla colocou pressão. Faltou, no entanto, combinar com Gabigol, que teve pelo menos duas chances mas não acertou o pé. 

Milagre de Diego Alves 
No final do primeiro tempo, Gabigol sofreu falta na entrada da área e Diego cobrou em cima da barreira. O Peñarol avançou em um contra-ataque veloz na sequência, com os jovens do elenco. Brian, de 18 anos, avançou pela esquerda e tocou para Canobbio, de 20 anos finalizar de primeira, de canhota, dentro da área. Diego Alves operou um verdadeiro milagre no Maracanã e conseguiu defender no contrapé, evitando o primeiro gol aurinegro. Melhor chance do jogo. 

Só deu Fla
Na volta do intervalo, o Flamengo veio com tudo para cima do Peñarol. Os primeiros 15 minutos foram um verdadeiro massacre rubro-negro que teve oportunidades de abrir o placar com Bruno Henrique, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro. Aos 10, Gabigol teve um gol corretamente anulado por impedimento, após completar cruzamento de Pará. Os uruguaios buscavam espaços para contra-atacar, mas erravam muito e não conseguiam jogar. 

Gabigol perde a cabeça
Aos 29 minutos Gabigol exagerou ao voltar para ajudar na marcação e deu um carrinho duro por trás em Rojo, quando o Peñarol rodava a bola no ataque sem levar perigo. O árbitro argentino Patricio Loustau deu vermelho direto para o atacante. Com um a homem a mais, o técnico Diego López ousou e sacou o volante González para a entrada do atacante Viatri. A mudança funcionou e no primeiro lance de perigo o jogador que acabara de entrar fez de cabeça o gol da vitória, após cruzamento de Hernandez. Decepção e frustração no Maraca, com a classificação do Flamengo adiada. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *