INSS (ALERTA) 8 a cada 10 beneficiários da Previdência em 2019 perdem aposentadoria na justiça contra o INSS. Conheça os Motivos.

Spread the love

Você sabia que hoje 8 a cada 10 beneficiários em 2019 perdem aposentadoria ou ações de pedidos de Auxílios Doença , BPC entre outros na justiça contra o INSS?

Não sabia A cada dez trabalhadores que recebem uma aposentadoria especial por insalubridade , Auxílios entre outros tem derrotas para o INSS, Poucas pessoas vem conseguindo o reconhecimento desse direito na Justiça.

Em janeiro deste ano, o INSS liberou 1.356 aposentadorias especiais a trabalhadores urbanos, sendo que 1.064 das concessões (78,5%) se deram pela via judicial, segundo a edição mais recente do Boletim Estatístico da Previdência Social, o primeiro a informar dados sobre o grau de judicialização desses benefícios.

INSS (ALERTA) 8 a cada 10 beneficiários da Previdência em 2019 perdem aposentadoria na justiça contra o INSS. Conheça os Motivos.
INSS (ALERTA) 8 a cada 10 beneficiários da Previdência em 2019 perdem aposentadoria na justiça contra o INSS. Conheça os Motivos.

O elevado número de concessões judiciais é atribuído por especialistas às restrições impostas pelo INSS ao reconhecimento de provas do trabalho insalubre, como nos casos em que o órgão previdenciário aceita como eficaz equipamentos de proteção que, na prática, não impedem o dano ao trabalhador.

“Sempre soubemos que muitas das concessões de benefícios especiais só eram possíveis pela via judicial, mas faltavam dados para confirmar isso”, afirma Adriane Bramante, presidente do IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário). “É muito raro conseguir esse tipo de benefício na via administrativa”, diz.

LEIA TAMBÉM: INSS: Nova Previdência: Conheça as 5 regras de transição do INSS

A aposentadoria especial é devida ao trabalhador que completa períodos de atividade insalubre que variam entre 15, 20 e 25 anos, sendo que as diferenças nos tempos de contribuição exigidos dependem do nível do risco à saúde do empregado (baixo, moderado ou alto).

Além de não exigir idade mínima e de antecipar a concessão em até 20 anos, a aposentadoria especial também não sofre redução do fator previdenciário, o que faz do benefício um dos mais vantajosos do Regime Geral da Previdência Social.

A comprovação da exposição a agentes nocivos —ruído elevado, substâncias tóxicas ou infectantes, por exemplo— é atualmente comprovada por um formulário chamado PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário). O documento deve ser fornecido pelo empregador.

Atividades insalubres realizadas até 28 de abril de 1995 são reconhecidas de acordo com a profissão.

E NÃO SÃO SÓ AS APOSENTADORIAS QUEM VEM PERDENDO AÇÕES NA JUSTIÇA .


Quem está no auxílio Doença vem perdendo de lavada na justiça porque , estão agindo de forma errada ao ter recebido alta junto a previdência social.

O QUE FAZER AO TER UM BENEFÍCIO NEGADO , OU CORTADO JUNTO AO INSS SEJA NO PENTE FINO 2019 OU NÃO.

Primeiro quem está no Auxílio doença:

Ao receber a Negativa do Auxílio Doença, Você primeiro precisa recorrer Junto a Junta de Recursos , sendo negado por ela ai sim .

VOCÊ JUNTA DOIS LAUDOS DE MÉDICOS DIFERENTES mas especialista na sua doença , Junto a elas receitas , exames , prontuários , tudo que puder provar a sua doença e tires duas cópias de cada. EM Seguida munido com as provas . procure um especialista em direito previdênciario ou defensor.

OBS: JAMAIS PROCURE UM ADVOGADO COMUM A CHANCE DE DERROTA É DE 90% NA AÇÃO


SE FOI CORTADO NO PENTE FINO 2019 O QUE FAZER?


Esse é um caso mais complexo. Mas tem como solução.
É importante ficar atento a data final do corte do seu benefício.
Primeiro o INSS da um prazo de dois anos dependendo da Doença. (É AI que o povo perde a ação).


O INSS não corta automático ele paga os primeiro 12 meses 100% do seu salário.


EM SEGUIDA 6 MESES PAGARÁ 50% E NOS ÚLTIMOS 6 MESES 25% DOS SEUS VENCIMENTO.


Ai está o pulo do Gato. Você entra com pedido de prorrogação nos últimos 6 meses , se não conseguir tenta junta de recursos.


Se mesmo assim for negado , você irá precisar de protocolos de todos atendimentos seja pelo 135 ou alguma prova na internet que vc tentou junto ao INSS reaver seu benefício da forma administrativa .

E foi negado.


Só após essa novela que você poderá entra com ação na justiça para isso vocÊ também vai precisar .


JUNTAR DOIS LAUDOS DE MÉDICOS DIFERENTES mas especialista na sua doença , Junto a elas receitas , exames , prontuários , tudo que puder provar a sua doença e tires duas cópias de cada. EM Seguida munido com as provas . procure um especialista em direito previdenciário ou defensor.
SE FIZER ANTES DISSO A CHANCE DE DERROTA NA JUSTIÇA É DE 100% .

Se tiver alguma dúvida comente , se puder compartilhe .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *