Saiba porque mais de 3 mil mães não conseguem receber o salário-maternidade pelo INSS . Saiba onde isso está acontecendo aqui

Spread the love

Para sustentar família, empregada doméstica precisou pedir dinheiro emprestado ao patrão dela. INSS disse que atendimento está comprometido por conta da falta de servidores.


Mais de três mil mulheres que se tornaram mães recentemente no Espírito Santo estão sem receber o salário-maternidade fornecido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A espera para pagamento do benefício demora três meses em alguns casos.

A empregada doméstica Virgínia Ribeiro de Souza, que mora no bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, foi mãe em dezembro.

Ela deu entrada no salário-maternidade logo após o parto e ainda não recebeu o primeiro pagamento.


“Até agora não tive nenhum retorno do INSS. Toda vez que procuro saber o que está acontecendo, que ligo lá para o número 135, o retorno que tenho deles é que meu processo ainda está em análise”, reclamou.

Para conseguir manter as contas em dia, Virgínia, que tem a carteira de trabalho assinada há quatro anos, precisou pedir dinheiro emprestado para o patrão dela.

https://www.youtube.com/watch?v=2WpA7CXPRpA&t=5s

“Eu tive que recorrer ao meu patrão, que prontamente me atendeu, me ajudou, mas sei que isso não é obrigação dele. Pago o INSS para eu ter uma segurança e agora que estou precisando não consigo ter meu direito atendido”, disse.

No Estado, 4.600 processos de pedidos de salário-maternidade aguardam na fila de espera para serem analisados. Desse total, três mil solicitações estão atrasadas a mais de 45 dias.

“Eu quero muito que isso se resolva logo, o mais rápido possível, porque é humilhante para o cidadão que paga seus impostos, que paga tudo em dia, quando precisa não tem esse retorno”, concluiu a empregada doméstica.
Outro lado
Em nota, o INSS declarou que não está dando conta de analisar no tempo determinado os pedidos de benefício por conta da falta de pessoal.

O órgão disse que um grande número de servidores se aposentaram, outros estão próximos de se aposentar e isso tem dificuldade a prestação do serviço.

Entretanto, o INSS não deu nenhum prazo para resolver a situação de Virgínia e das outras mães que precisam do benefício.

Um comentário em “Saiba porque mais de 3 mil mães não conseguem receber o salário-maternidade pelo INSS . Saiba onde isso está acontecendo aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *