UFC 2019 THIAGO MARRETA NOCAUTEIA JAN BLACHOWICZ E PEDE LUTA PELO CINTURÃO CONFIRA.

UFC 2019 THIAGO MARRETA NOCAUTEIA JAN BLACHOWICZ E PEDE LUTA PELO CINTURÃO CONFIRA.

Deu Marreta no UFC República Theca o brasilkeiro nocauteia Jan Blachowicz, iguala número de nocautes do Spider e pede disputa de cinturão
Brasileiro se poupa no início e define o combate no terceiro round. Após a luta, brasileiro pede para enfrentar o vencedor de Anthony Smith x Jon Jones e garante: “Vou chocar o mundo”
Nunca duvidem de Thiago Marreta. O brasileiro mostrou neste sábado, no UFC Praga, que é um dos maiores nocauteadores da divisão dos meio-pesados, e também da história do UFC. Com uma atuação madura e consciente, Marreta nocauteou o polonês Jan Blachowicz (quarto colocado no ranking da categoria) aos 39s do terceiro round e atingiu a marca de 11 nocautes no UFC, igualando a marca dde Anthony Johnson e Anderson Silva, e ficando a um do recordista, Vitor Belfort. Thiago Marreta agora soma 21 vitórias na carreira, com seis derrotas. Esta foi a quarta em sequência, e a nona por nocaute nas últimas 11 lutas.

https://www.youtube.com/watch?v=h_-rl4R9WT0&t=16s

Logo após a luta, Marreta falou sobre a luta e pediu para ser o próximo desafiante ao cinturão, contra o vencedor de Anthony Smith e Jon Jones.
Experiência, né? Eu venho melhorando cada vez mais, treinando e me dedicando. Venho me aprimorando. Cada luta é uma luta, vou ganhando experiência tentando ser campeão. Nós estudamos o adversário com a minha equipe e meus treinadores. Com um grande time, e eu sou uma pessoa dedicada, estamos fazendo isso aí. Tivemos um início de ano muito ruim, e quero mandar meus sentimentos às vítimas de Brumadinho, às crianças e adolescentes, todos da idade do meu filho que morreram no Flamengo, e também às vítimas das chuvas no Rio de Janeiro. O público vai dizer, o público vai me cobrar do Dana White quem deve ser o meu próximo adversário. Se for Anthony Smith, eu vou vencê-lo de novo. Se for Jon Jones, eu vou chocar o mundo – disse Marreta após a luta.

A luta
Os dois primeiros rounds trouxeram os dois lutadores apostando nos chutes. Blachowicz aplicava chutes altos e nas pernas, enquanto Marreta desferia pisões nas pernas do polonês. Blachowicz aplicava jabs que incomodavam o brasileiro, que evitava explodir nos primeiros momentos da luta para se poupar fisicamente para a luta, que estava programada para cinco rounds. No minuto final do primeiro round, o polonês tentou aplicar uma queda, mas o brasileiro defendeu e evitou ser levado para o chão. No fim do segundo round, após tentar sem sucesso dois cruzados fortíssimos, Marreta tentou uma meia-lua de capoeira que passou raspando ao rosto de Blachowicz.
Logo no início do terceiro round, no entanto, Marreta mostrou o porquê de ser o segundo maior nocauteador da história do UFC. Jan Blachowicz partiu para cima do brasileiro, e Marreta, andando para trás, acertou dois cruzados em sequência, de direita e esquerda – este último derrubando o polonês, que cai quase inconsciente. O brasileiro ainda aplicou uma série de socos com Blachowicz apenas se defendendo antes do árbitro Herb Dean decidir interromper a luta, decretando a vitória de Marreta, que se emocionou muito no octógono.

Confira os resultados de todas as lutas do evento:

CARD PRINCIPAL
Thiago Marreta venceu Jan Blachowicz por nocaute técnico aos 39s do R3
Stefan Struve venceu Marcos Pezão por finalização aos 2m21s do R2
Michal Oleksiejczuk venceu Gian Villante por nocaute a 1m34s do R1
Liz Carmouche venceu Lucie Pudilova por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Petr Yan venceu John Dodson por decisão unânime (triplo 30-27)
Magomed Ankalaev venceu Klidson Abreu por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
CARD PRELIMINAR
Dwight Grant venceu Carlo Pedersoli por nocaute técnico aos 4m59s do R1
Chris Fishgold venceu Daniel Teymur por finalização a 1m10s do R2
Gillian Robertson venceu Veronica Macedo por finalização aos 3m27s do R2
Damir Hadzovic venceu Marco Polo Reyes por nocaute técnico aos 2m03s do R2
Ismail Naurdiev venceu Michel Trator por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-27)
Carlos Diego Ferreira venceu Rustam Khabilov por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Damir Ismagulov venceu Joel Alvarez por decisão unânime (triplo 30-27)

One Response

  1. UFC DEFINE QUEM SERÁ O PRÓXIMO LUTADOR QUE VAI ENFRENTAR JOHN JONES ,BRASILEIRO É O 1º DA LISTA |

    […] vai John Jones aceita enfrentar Brasileiro caso vença o UFC 235 Saiba quem é o Cara da vez do UFC no Brasil que Jones quer […]

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.